Vírus HPV



Conheça o hotsite
sobre o Vírus


Atenção!

1. Use sempre camisinha.

2. É muito importante que você procure seu médico de confiança.

3. Algumas ilustrações colocadas neste site foram encontradas na Internet sem autoria conhecida.  Caso alguém que detenha a autoria queira a remoção é só nos comunicar, e-mail

4. Clique aqui e veja quais são os Objetivos do Site.



Próstata

É uma glândula localizada logo abaixo da bexiga envolvendo a uretra e composta por tecido muscular e glandular. Por envolver a uretra, o seu crescimento (que pode ocorrer com o passar dos anos), provoca compressão e dificuldade para urinar.
EvoluçãoDiagrama de Localização

Qual é a função da Próstata?
É responsável pela produção de parte do líquido seminal, que juntamente com o líquido da vesícula seminal formam o sêmen, líquido que transporta os espermatozóides. É nela que ocorre a transformação da testosterona (hormônio masculino) em diidrotestosterona, que controla o crescimento dessa glândula.

Qual é o tamanho da Próstata?
Até os 20 anos pesa aproximadamente 20 gramas. O seu crescimento é denominado de Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). Após os 30 anos cresce aproximadamente 0,4 gramas por ano, e pode pesar 60 gramas sem sintomas e chegar a 100 gramas ou mais.

HPB – Hiperplasia Prostática Benígna

Quais os sintomas do seu crescimento?
• jato urinário mais fraco;
• dificuldade para iniciar a micção;
• acordar a noite para urinar;
• presença de sangue na urina;
• interrupção involuntária da micção;
• urgência para urinar;
• sensação de esvaziamento incompleto da bexiga;
• dor ou ardor para urinar.

Quais exames devo fazer?
Alguns exames devem ser feitos para avaliar o crescimento da próstata, as complicações desse crescimento e prevenir o câncer.

Recomendações após os 45 anos:
• toque retal;
• ultra-som dos rins, bexiga e próstata e volume residual pós miccional;
• PSA - dosagem sanguínea do Antígeno Prostático Específico;
• Urina tipo I com urocultura;
• Urofluxometria.

Toque retal

Opcionais:
• Estudo Urodinâmico;
• Uretrocistoscopia;
• Urografia Excretora;
• Uretrocistografia.

Antes dos 45 anos:
Esses exames devem ser realizados se houver algum parente próximo com câncer (mama e próstata). Ou se houver sintomas urinários importantes.

Como tratar?
• Quando houver sintomas importantes;
• Quando houver obstrução urinária podendo chegar a retenção urinária, comprometimento renal e uso de sondas;
• Crescimento prostático associado a infecções urinárias de repetição;
• Crescimento prostático associado a sangramento urinário.
Obs: O tamanho aumentado não significa necessidade de tratamento.

Qual é o tratamento ideal?
A maioria dos pacientes apresenta poucos sintomas que oscilam durante o ano, devendo ficar em observação. Nos casos em que o tratamento se faz necessário, podemos contar com tratamento
clínico com medicamentos e tratamento cirúrgico.

Medicamentos:
• alfabloqueadores
• hormonais
• fitoterápicos

Cirurgia:
• RTU (ressecção endoscópica da próstata): a mais utilizada por apresentar os melhores resultados com o mínimo de complicações. Geralmente é indicada em próstatas com até 60 gramas. Como é realizada pela uretra e sem corte, muitas vezes é confundida com o tratamento a laser, o que não é verdade e deve ser esclarecido ao paciente.
• Cirurgia aberta (adenomectomia): é indicada em próstatas grandes (geralmente acima de 60 gramas).

Tratamento Endoscópico:

Prof.: Dr Júlio José Máximo de Carvalho - Telefone: (11) 3832-0505

Voltar
 
Publicações




Falando sobre o HPV
Papilomavírus humano




Manual prático do HPV
Papilomavírus humano

Copyright © Insituto Garnet - Rua Búlgara, 190 - Lapa - São Paulo - CEP 05057-060 - Fone: (11) 3832-0505 - Última atualização em  26/06/2009
Desenvolvimento: Primeira Impressão Design